A verdade sobre o Multinível (NWM) e o que nunca se diz

É importante entender de onde vem essa pergunta. A minha experiência mostrou que quase todos conhecem alguém que entrou e não teve sucesso ou eles mesmos entraram como se diz “para ver o que dá “mas não deu nada. Essa hipótese representa mais de 90% das pessoas que fazem esse tipo de pergunta. O restante ouviu falar de oportunidades como essa e, com todo o direito, são céticos com a promessa de enriquecer rapidamente.

Se o potencial interessado faz essa pergunta com certa emoção, sei que já se envolveu em algum momento, por isso digo:  – Espera aí. Tens uma história. O que aconteceu? Já te envolveste com Marketing de Rede?

Deixe-o relatar a sua história. Isso abre a mente e baixa as defesas. Ao mesmo tempo, permite que faças perguntas sobre a experiência que ele teve.

Vou dar um exemplo típico. Estou a fazer um convite, quando o potencial interessado pergunta com emoção: – Espera aí. E marketing multinível?”

Eu respondo: – Ah, tens uma história.  Já tentaste em algum momento? O que aconteceu?

– Sim! Ele diz: – Entrei numa empresa há alguns anos, comprei uns produtos e perdi o meu dinheiro.

Então pergunto: – Qual achas que foi o motivo para não teres tido sucesso?

-Bem, -ele continua – um amigo convenceu-me a entrar. Eu não tinha muito tempo e achei que mais pessoas entrariam, mas elas não entraram. Acho que perdi o interesse.

Achas que deste o teu máximo? – pergunto.

-Não, acho que não, ele responde.

Então faço outras perguntas:

Achas que o marketing de rede foi o problema? Ou achas que talvez não fosse o melhor momento para ti?

– Deve ter sido o momento – ele conclui.

Percebes a dinâmica? Tive milhares de conversas assim e cada uma foi um pouco diferente da outra, mas, se fizeres algumas perguntas e fores amigável durante o processo, tens muitas hipóteses de ajudar o potencial interessado a livrar-se do preconceito e ver o que tu tens para oferecer.

Além disso, é possível identificares-te com ele relatando que possuías a mesma objeção inicialmente e contando como a superaste. Se alguém usa a palavra “pirâmide” comigo, eu sempre digo:

– Ah, não. Esquemas de pirâmide são ilegais e eu nunca me envolveria com uma atividade ilegal.

Para as pessoas que perguntam sem um tom emocional, eu geralmente respondo:

– Sim, é marketing de rede. O que sabes sobre isso?

Novamente, estou a fazer perguntas e a esperar respostas. A partir dessas respostas, faço mais perguntas e através do processo consigo atingir o meu objetivo de educação e entendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Partihar

Últimos Artigos

Menu